O verão começa oficialmente amanhã, 21 de dezembro. A estação mais quente do ano promete calor intenso em diversas regiões do país. As condições alertam para a importância dos cuidados com a pele e a saúde com hábitos que devem ser adotados não apenas nos momentos de exposição ao sol, mas diariamente! A Dermatologista Danielle Aquino deu várias dicas para manter a pele saudável esclareceu dúvidas sobre o uso de protetor solar!

Os cuidados diários com a pele são fundamentais em todas as épocas do ano, porém, a estação de calor requer ainda mais atenção. Uma das principais indicações é manter a hidratação da pele em dia. “O momento ideal para aplicar hidratante corporal é após o banho. É a hora certa para o creme ser absorvido pela pele”, ensina a dermatologista. Banhos com água muito quente podem causar o ressecamento da pele.

Entre as orientações alimentares estão beber de dois a três litros de água por dia e manter uma dieta equilibrada. “A alimentação deve ser rica em frutas, saladas e comidas leves, dispensando gorduras e frituras o máximo que puder. Tudo isso reflete na saúde da pele”, aponta Danielle. Para aliviar o calor, sempre dar preferência para água de coco e sucos com frutas naturais.

Durante os dias quentes deve-se evitar exposições solares prolongadas, principalmente no horário entre 10h e 16h horas – lembrando da variação do horário de verão. O protetor deve ter Fator de Proteção Solar (FPS) acima de 30 e ser reaplicado de quatro em quatro horas. Em casos de contato com a água, suor, piscina ou mar, a reaplicação deve ser feita em intervalos menores.

O produto deve ser aplicado em todas as partes do corpo que estiverem expostas ao sol. A dermatologista explica que a diferença do bloqueador solar para o corpo e para o rosto está na cosmética do produto. “O protetor para o corpo normalmente é mais oleoso e encorpado, para ser mais fácil de espalhar; enquanto o para o rosto é mais sequinho para diminuir a propensão à acne, oleosidade e dermatite seborreica – inflamação na pele que causa principalmente escamação e vermelhidão em algumas áreas da face”, considera.

É importante evitar exposições excessivas ao sol para não desenvolver insolações. Caso a insolação já tenha acontecido, a orientação é beber bastante líquido. “Deve-se beber muita água, a hidratação é extremamente importante na recuperação. Além disso, a região queimada deve ser bem hidratada”, aconselha Danielle. A dermatologista lembra ainda que durante o banho os sabonetes hidratantes são os mais indicados. Produtos com aloe e vera na composição podem auxiliar no alívio do ardor.

Crédito das fotos: Reprodução Internet

Vamos tomar sol com consciência hein!

Bjo,